Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo de Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
 20.03.2014 Dr. Decio Tenenbaum

Um homem de quase quarenta anos, solteiro, usuário de bebidas alcoólicas há vários anos, foi internado por apresentar edema nos membros inferiores e na face. Os exames revelaram uma insuficiência cardíaca acompanhada por cardiomegalia. O paciente estava sempre de bom humor na enfermaria e sempre disponível para conversar, mas evitou qualquer assunto mais pessoal e seu relato foi sempre objetivo e superficial. Negou qualquer tipo de problema ou de dificuldade em sua vida pessoal e apesar de beber diariamente disse não ser dependente da bebida. Contou que seu pai, também usuário de bebidas alcoólicas, morreu por problemas cardíacos quando estava com a idade atual do paciente.  O paciente recebeu alta para dar continuidade ao seu tratamento em regime ambulatorial após ter sido reequilibrado hemodinamicamente.

A discussão foi iniciada pelos aspectos psicodinâmicos do paciente: a identificação mórbida com o pai, a negação da doença e o uso de defesas maníacas contra as tendências suicidas constituindo o que Eksterman denominou de síndrome de eutanásia. Encerrando a reunião, foram discutidas algumas possibilidades de abordagem da tendência suicida do paciente
.
















retorna/font>