Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médicaca
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo da Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
29.03.2012 Dr. Giorgio Trotto

Uma mulher de pouco mais de trinta anos, casada e mãe de dois filhos, foi internada para investigação de um quadro de paralisia dos membros inferiores iniciado há seis meses com dores nas costas e parestesias nas pontas dos dedos, pernas e pés, que evoluiu gradativamente para a total incapacidade de andar. Os exames complementares revelaram uma massa tumoral na coluna torácica e a paciente desenvolveu um importante quadro ansioso ao saber que precisaria ser operada em outro hospital. O acompanhamento da Psicologia Médica continuou a ser feito neste outro hospital, no qual a cirurgia foi realizada com sucesso, mas ao saber que o material cirúrgico fora enviado para biópsia a paciente voltou a ficar muito ansiosa. A paciente está prestes a receber alta, ainda aguarda o resultado deste último exame e foi encaminhada ao ambulatório para dar continuidade ao acompanhamento pela Psicologia Médica.

Discutiu-se, inicialmente, os elementos psicodinâmicos presentes nas crises de ansiedade apresentadas pela paciente. Também foi ressaltado que o caso apresentado permite o acompanhamento do trabalho da Psicologia Médica em diminuir as ansiedade emergentes na internação. Em seguida, foram apresentadas as bases neurofisiológicas do efeito benéfico da relação terapêutica.

retorna