Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médicaca
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo da Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
26.01.2012 Dr. Abram Eksterman

Um homem de quase sessenta anos, casado e pai de dois filhos, foi internado com um quadro de dor abdominal, emagrecimento, ascite, edema de membros inferiores, e foi diagnosticado como portador de cirrose hepática. Informou ter iniciado o uso regular e constante de bebidas alcoólicas em sua juventude, logo ao começar a trabalhar, seguindo o hábito da maioria dos colegas de ofício, no qual a incidência de casos de alcoolismo crônico é sabidamente alta. Não tem contato com a mãe desde a juventude, assunto que ainda não abordou com sua psicóloga, e é órfão de pai há poucos anos.

Discutiu-se, inicialmente, o papel patogênico das patologias dos vínculos básicos. Em seguida, a relação entre o uso de drogas e a patologia do vínculo diádico foi abordada. Finalmente, assinalou-se a importância do preparo, ainda durante a internação, do paciente para o tratamento ambulatorial e o papel da relação terapêutica no tratamento destes pacientes.

retorna