Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médicaca
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo da Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
28.10.2010 Dr. Decio Tenenbaum

Dando sequência ao caso inicialmente apresentado na reunião de 16.09.10.10 pode-se acompanhar um novo período do tratamento ambulatorial deste paciente no qual a existência de um tipo específico de limitação cognitiva relacionada com a vida afetiva e, marcantemente, com a vida erótica, ficou evidente.

Discutiu-se, inicialmente, se essas lacunas cognitivas estariam ou não relacionadas com deficiências do desenvolvimento emocional decorrentes da inadequação entre o desempenho das funções materna e/ou paterna com as necessidades, anseios e desejos do paciente em sua primeira infância e geradora daquilo que Michael Balint denominou falha básica.

Os portadores dessas limitações sempre apresentam sinais de estresse crônico relacionados com as situações para as quais não possuem os códigos simbólicos (culturais) necessários para o desempenho das atividades que tentam executar. No caso em discussão, era na realização da vida afetiva, principalmente em seu componente erótico, que o paciente apresentava as maiores limitações e os sinais de estresse crônico que atingiu os folículos pilosos de todo o seu corpo produzindo o quadro de alopécia areata universalis.

Sobre a condução do processo terapêutico, foi assinalado que o objetivo principal estaria em construir com o paciente os elementos cognitivos necessários para ele conseguir desempenhar-se na vida.

retornana