Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médicaca
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo da Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
06.05.2010 Dr. Sergio Costa Almeida
Um homem de trinta anos, de cabelos longos e aloirados artificialmente, com busto de silicone, solteiro, aidético, foi internado com um quadro de dispnéia aos grandes esforços e tosse produtiva com escarros esbranquiçados, que evoluiu para escarros hemoptóicos e febre vespertina de 40° C. Filho único de seus pais, mas com irmãos por parte de mãe e de pai, foi criado primeiramente por um tio e depois pelos avós maternos porque sua mãe faleceu quando ele estava com três meses. Sofrendo de Doença de Chagas, ela sabia que a gravidez seria uma sobrecarga cardíaca arriscada e mesmo com indicação médica para abortar preferiu dar a luz ao filho a sobreviver. Voltou a viver com o pai aos 6 anos, mas só ficou até a adolescência devido à violência dele e por nunca ter se sentido aceito pelos meio-irmãos. Desde então vive no Rio de Janeiro afastado de toda a família.
Inicialmente arredio, durante seus atendimentos ele só se referiu a si mesmo no feminino e levou alguns dias até a terapeuta deixar de fazê-lo no masculino. Em virtude de seus amigos trabalharem e por estar afastado de seus familiares desde a adolescência, quase não recebia visitas na enfermaria; por ter esquecido o carregador de seu telefone celular, sentia-se só e isolado. Seu estado de humor mudou ao receber um telefonema de um de seus meio-irmãos, também homossexual, que soubera que ele estava internado e ambos marcaram de se reencontrar após a alta.

O primeiro tema a ser abordado na discussão foi a mudança na atitude da terapeuta diante do paciente. Ao passar a tratá-lo como ele o fazia diminuiu a tensão presente inicialmente na relação terapêutica possibilitando o estabelecimento do vínculo terapêutico, que retirou o paciente do isolamento em que se encontrava e o ajudou a rever seu distanciamento dos familiares, em parte motivado por auto-estigmatização. Em seguida, a contratransferência e alguns aspectos presentes na psicodinâmica da homossexualidade foram debatidos.

retornana