Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

Resumo da Reunião Clínica
 
 Data Supervisor
05.02.2009 Dr. Abram Eksterman
Uma senhora de mais de cinquenta anos de idade internou-se com um quadro de acentuada perda ponderal com tosse, epigastralgia e disfagia para sólidos e líquidos com regurgitação. O atendimento para esta paciente foi solicitado pela equipe de enfermagem em virtude da reação dela, julgada excessiva pela enfermagem, ao falecimento de outra paciente da enfermaria, mas depois ficou-se sabendo que a equipe médica suspeitou que ela estivesse com AIDS e a paciente reagiu muito mal à comunicação da hipótese diagnóstica: ficou muito angustiada, inconformada mesmo com a situação e sentindo-se traída pelo marido, falecido há três anos e que ela sabia que tinha uma vida sexual promíscua com prostitutas. Enquanto esperava o resultado do exame a paciente teve alguns atendimentos nos quais falou sobre a morte de sua filha caçula, que nasceu com hidrocefalia e mielomeningocele, há onze anos e contou que seus sintomas começaram após a morte do marido com dores no estômago (epigastralgia) e perda de apetite. Como o exame demorou a ficar pronto, a equipe médica deu alta à paciente, pois ela estava se alimentando mal na enfermaria e também para evitar que ela corresse algum risco de adquirir uma infecção hospitalar, pois havia a suspeita dela estar imunodeprimida pela AIDS. Após sair de alta o primeiro exame confirmou a infecção pelo HIV. A paciente encontra-se em acompanhamento ambulatorial clínico e psicológico.

Discutiu-se inicialmente a necessidade de preparo psicológico para todo e qualquer procedimento feito em uma enfermaria. No caso em questão, a possibilidade do marido ter passado para a paciente a doença contraída com prostitutas a atingiu duplamente: derrubou a defesa (recusa) por ela utilizada para evitar a plena consciência sobre a promiscuidade sexual do marido e a colocou na mesma situação das prostitutas. Com isso, sua imagem de si mesma, importante componente do seu eu, começou a se desintegrar abrindo uma grave quadro depressivo.

retorna