Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

 

Sublimação
 

Definição

Termo empregado por Freud para designar o processo inconsciente de desvio da libido para atividades de grande valor cultural.

Histórico
O termo tem uma dupla origem: por um lado, há o processo químico de sublimação através do qual um sólido, por aquecimento, se transforma em vapor que, sendo resfriado e sofrendo recondensação, produz uma forma purificada da substância original; por outro lado, a palavra sublime designa tudo aquilo que atingiu um grau elevado na escala moral, intelectual ou estética. Assim, o comportamento socialmente valorizado representa uma versão purificada e mais sublime do comportamento instintual. Freud utilizou as atividades artísticas e intelectuais para exemplificar o processo no qual a meta original da pulsão sexual é trocada por outra não sexual, mas que psiquicamente se aparenta com ela.
Esse processo de dessexualização foi também utilizado por Freud no estudo da formação dos traços do caráter e da identificação.
Para Anna Freud, a sublimação é um mecanismo de defesa envolvido na resolução dos conflitos infantis, enquanto que para Melanie Klein ela é uma tendência a serviço da restauração do objeto bom atacado pelas pulsões agressivas.

Clínica
Clinicamente, observa-se que a sublimação é uma das maneiras de se modificar impulsos libidinais e agressivos dando origem a comportamentos social e culturalmente valorizados.

retorna