Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

 

Self
 

1- Definição:  
A própria pessoa, o que inclui a organização psíquica, a representação de si mesmo, a identidade e o próprio
corpo.

2- Histórico
Freud, em muitos artigos, utilizou o termo ego para designar a própria pessoa. Foi Heinz Hartmann, um dos
fundadores do que ficou conhecido como a Psicologia do Ego, que clarificou esta situação distingüindo o ego
como uma estrutura virtual, simbólica, com determinadas funções relacionadas aos processos adaptativos, do self.
O narcisismo passsou a ser entendido como o investimento libidinal do self mais do que unicamente do ego.
Foram Heinz Kohut, seus colaboradores e seguidores, no que ficou conhecido como Psicologia do Self, que
desenvolveram o conceito de self. Segundo Moore, B.E. e Fine, B.D. (Termos e Conceitos Psicanlíticos, Ed. Artes
Médicas, P. Alegre), este conceito é usado para designar a pessoa de um indivíduo na realidade. É formado pela
organização mental da pessoa, sua personalidade, sua auto-imagem, os esquemas do self e a identidade. A
autoestima é o resultado final de um processo em que as avaliações do self são cotejadas com as ambições
pessoais, os valores pessoais e os conceitos das pessoas importantes nas hierarquias pessoal e social.
Esquemas do self são estruturas cognitivas (as visões realistas e as distorcidas que a pessoa teve de si mesma,
do seu corpo, do seu funcionamento mental, em diferentes situações) que organizam os processos mentais e a
maneira de alguém se perceber, consciente e inconscientemente.
Donald Winnicott (1896-1971), pediatra e posteriormente psicanalista, fez importantes contribuições sobre o
desenvolvimento psicológico da criança. Entre os conceitos que desenvolveu está o de falso self, que é entendido
como uma estrutura continuamente operativa, estável e recorrente, com função defensiva/protetora do verdadeiro
self e que, em algumas pessoas, pode chegar a formar como que uma carapaça quase inatingível.

3- Clínica:
Este conceito é fundamental para a compreensão de certos tipos de organização mental como a personalidade
narcísica
e a organização limite da personalidade ou personalidade bordeline.
Nas personalidades narcísicas existe um self relativamente bem integrado, embora patológico e grandioso,
resultado da condensação do self real, o self ideal e o objeto ideal. Serve para estabilizar o ego e proteger a auto-
estima das pessoas. O mesmo não acontece nas personalidades bordeline.

retorna