Centro de Medicina Psicossomática e Psicologia Médica
Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro

 

Sistema Perceptivo-Consciente
 

Definição
Junto com o sistema Pré-Consciente (PCs) e o Sistema Inconsciente (Ics) formam a primeira teoria topográfica de Freud sobre a mente (Primeira Tópica).
É o sistema mais externo do aparelho mental, recebendo informações tanto do mundo externo quanto do mundo interno.

Histórico
Desde seu artigo Projeto para uma Psicologia Científica (Edição Standard da Obra Psicológica Completa de Sigmund Freud, vol.I; Ed. Imago, R.J) Freud ligou a consciência ao sistema perceptivo sob o nome de “sistema ω”, o qual passou a ser chamado de sistema perceptivo-consciente nos artigos metapsicológicos (Edição Standard da Obra Psicológica Completa de Sigmund Freud, vol. XIV Ed. Imago, R.J.). Na reformulação de sua teoria sobre o aparelho mental, que ficou conhecida como Segunda Tópica ou Teoria Estrutural, Freud, incluiu este sistema no Ego, e o considerou como sendo o núcleo do Ego.

Características
Nele não fica nenhum tipo de registro;
Possui uma quantidade de energia móvel, governada pela atenção, fundamental para que algum conteúdo atinja a consciência;
Seus conteúdos são regidos pelos mecanismos específicos do Processo Secundário de Pensar: pensamento lógico sob a forma de linguagem verbal;
Os estímulos externos que a ele chegam funcionam como base para o teste de realidade.

retorna